sabão em nozes

Tensoativos Naturais Vs Tensoativos Sintéticos

Os Tensoativos (surfactantes ) são utilizados em muitos cosméticos como agentes espumantes, agentes de limpeza, emulsionantes, condicionadores, solubilizantes ou dispersantes.

Se voce quer saber detalhes sobre o que é e os 4 tipos de tensoativos que  podemos usar nas fórmulas dos produtos cosméticos  dê uma olhada aqui.

Os tensoativos podem ser classificados em 3 categorias:

  • Natural
  • Derivado de produtos naturais
  • Sintético

1) Os tensoativos naturais

Os tensoativos naturais são derivados de gordura animal ou vegetal como oliva, palma, palmiste, coco ou sebo de vaca e banha de porco e também algumas plantas que tem esse poder de limpeza.

O tensoativo natural mais conhecido é o sabão artesanal feito através do  processo de saponificação.

Exemplos de tensoativos naturais:

  • Sabões elaborados com óleo vegetal – sabão artesanal
  • Sabões elaborados com gordura animal – sabão artesanal
  • Saponaria officinalis ( soapwort) – planta
  • Sabão em nozes ( soapnuts) –planta

saponaria-utilidades

soap-nuts-utilidades

2) Tensoativos Derivados de Naturais

Muitos tensoativos modernos são feitos de oleoquímicos (derivados vegetais) em vez de petroquímicos (derivado do petróleo) e são biodegradáveis.

Os oleoquímicos ou gorduras utilizados para sintetizar estes tensoativos incluem óleos de palma, de coco, de babaçu, etc.

Estes tensoativos podem ser iônicos ou não iônicos e cada um deles possui características próprias.

Alguns destes tensoativos derivados de naturais, são elaborados com plantas que não foram genéticamente modificadas e por isso tem o certificado de garantia da ECOCERT* como aptos para uso em formulações de cosméticos ECO e BIO .

Exemplos de Tensoativos derivados de naturais:

  • Os Glutamato que são suaves e não-iônicos como o Dissódico cocoil glutamato de sódio.
  • Os obtidos a partir de açúcares e óleos vegetais, tais como glucósido de coco, lauril glucósido ou decil  glucósido e  também são não-tônicos.
  • Os Ésteres de açúcar que têm muitas vantagens com nenhuma toxicidade e irritação, odores e é completamente biodegradável.
  • sulfato de coco de sódio é aniônico. Um derivado sulfatado dos ácidos graxos do óleo de coco.

Mesmo sendo derivados de produtos naturais alguns destes tensoativos podem gerar irritação e alergias na pele e couro cabeludo. Tudo depende do grau de sensibilidade de cada individuo.

veja aqui uma lista de tensoativos derivados de naturais , que podem ser líquidos ou sólidos e que vão deixar seu produto bem mais profissionais.

tensoativos-derivados-naturais

3) Tensoativos sintéticos / petroquímicos

Os famosos detergentes.

Estes tensoativos sintéticos são química moderna. A maioria foram criados usando uma alta porcentagem de óleos fósseis (petróleo).

O processo de elaboração  destes novos ingredientes muda toda a composição do óleo  em uma outra molécula que não é encontrada na natureza.

Em geral estes tensoativos sintéticos podem causar irritação e alergia na pele. Ainda não está comprovado mas podem ser causadores de câncer.

tensoativos-sintéticos-alergias

Exemplos de Tensoativos  sintéticos :

Os Aquilsulfatos e Aquiletersulfatos são tensoativos agressivos que podem causar irritação nos olhos e pele. Como exemplo deles temos :

  • Lauril sulfato de amônio
  • Tridecil sulfato de sódio
  • TEA lauril sulfato

Notas:

1 – Sabão  artesanal  é o tensoativos mais conhecido e o mais antigo que existe mas dificilmente são usados para fazer shampoos por causa da alta alcalinidade e dos resíduos que deixa.

Os tensoativos mais comum e mais usado que não é um sabão, são: lauril sulfato de sódio e laureth sulfato de sódio, no qual são muito efetivos no quesito limpeza mas muitas pessoas sentem irritação na pele com o uso.

2 – Desde 1982, por lei no Brasil, todos os detergentes comercializados devem conter tensoativo biodegradável, de acordo com as exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

3- Ecocert: Ecocert é uma organização de origem francesa de controle e certificação de produtos denominados ECO e BIO.

 

Artigos relacionados:

Tensoativos Derivados de Naturais sólidos e líquidos

Tensoativos

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima