Os óleos essenciais são sem dúvida nenhuma um investimento caro para qualquer fabricante de cosmética e saboaria artesanal e essa é uma das maiores reclamações que eu percebo das pessoas que estão começando a manipular essa preciosidade. E se você quer tirar o máximo de proveito do seu dinheiro investido, você deve saber como cuidar e armazenar esses OEs para que eles durem o maior tempo possível.

gota saindo da folha e caindo numa garrafa

Óleos Essenciais expiram?

Sim! Mesmo sendo um produto puro e natural , os óleos essencial tem um periodo de vida útil e esse periodo varia de um OE para outro.

Muitas vezes, as pessoas ficam surpresas ao descobrir que os óleos essenciais têm uma vida útil. Eles podem achar que os óleos essenciais nunca expiram para justificar o preço alto.

A verdade é que os óleos essenciais têm uma vida útil – independentemente da marca. Como os óleos essenciais são voláteis, eles têm o potencial de oxidar. Quimicamente, substâncias voláteis, como óleos essenciais, evaporam. É por isso que podemos cheirá-los e é assim como eles funcionam.

Os óleos essenciais são constituídos por uma variedade de componetes, ou compostos químicos, que coletivamente fazem o que chamamos de óleo essencial. Os componentes mais leves são mais voláteis e evaporam primeiro. Os componentes mais pesados serão os últimos a ir.

Os componentes mais leves são frequentemente os mais gentis para a pele. Então, quando estes evaporam, o risco de que este óleo essencial cause vermelhidão e irritação na pele aumenta. O risco de sensibilização também é aumentado quando os óleos essenciais oxidados são aplicados à pele.

Óleos Essenciais ficam Rançosos?

Os óleos essenciais não necessariamente “ficam rançosos” da mesma maneira que presenciamos em outros ingredientes expirados. E também não vamos ver nada de mofo ou alguma outra partícula flutuando.

No entanto, isso não altera que os óleos essenciais sim se deteriorem, se oxidem e perdem sua eficácia ao longo do tempo e não é nada aconselhavel usa-los na pele depois que passa essa validade.

A boa noticia é que, caso você seja um grande usuario de OEs , não é preciso comprar somente pequenas quantidades para não correr o risco de perde-los . Os óleos essenciais são delicados, mas com métodos de armazenamento adequados, você pode aproveitar seus benefícios o maior tempo possível.

Existem algumas orientações simples que o ajudarão a aproveitar ao máximo todo o seu estoque de óleos essenciais.

Para começar, a vida útil dos óleos essenciais varia muito e sua longevidade é determinada por uma série de fatores.

Além da composição química e das técnicas de destilação, elementos externos podem atrapalhar a estabilidade dos OEs e levá-los a uma degradação rápida.

A degradação ocorre de três maneiras principais: oxigênio, calor e luz.

Alguns componentes dos óleos essenciais são mais voláteis que os outros e como tal tem a tendência a evaporar. Então, adotar o método de armazenamento certo é vital para preservar as propriedades de seus óleos essenciais.

Como preservar seus Óleos Essenciais

1 –  Armazenamento Adequados

A chave para manter a frescura dos óleos essenciais está no método de armazenamento correto. E é muito simples! Você só precisa armazená-los em recipientes muito bem fechados e evitar a exposição ao ar, exceto quando em uso e o mínimo possivel.

A exposição ao ar é um dos fatores mais prejudiciais para qualquer óleo essencial. Muitos componentes são voláteis, lembra!! .. e isso quer dizer que estes componentes valiosos vão evaporar . Além disso, alguns componentes reagem com o oxigênio e faz com que eles se “quebrem” o que pode ser um impacto negativo enorme para os Óleos Essenciais e sua estabilidade.

2. Mantenha a temperatura adequada

Manter a temperatura certa pode permitir que você quase dobre a vida útil de seus óleos. É verdade! Então, certifique-se de armazená-los em um local fresco e escuro e evitar a exposição à luz solar tanto quanto possível. Temperaturas elevadas aceleram o processo de oxidação e reduzem a vida útil.

A temperatura ideal para armazenar seus óleos essenciais é de 2-4 ° C. Uma geladeira para eles, dedicada, é o ideal, pois você precisa evitar o uso da geladeira para alimentos familiares devido à possibilidade de contaminação cruzada. Além disso, pode ser perigoso!

geladeira repleta de óleos essenciais
Imagem cortesia de Stillpoint Aromatics

3. Use pequenos recipientes

Outra maneira de preservar a vitalidade de seus óleos essenciais é usar recipientes adequadamente dimensionados para a quantidade de óleo essencial que você está usando. Esta é uma regra que muitas vezes é ignorada, mas pode ajudar a minimizar a oxidação, reduzindo a exposição ao oxigênio.

ex: quando você comprar óleos essenciais a granel ( 1 litro ), certifique-se de transferir seus óleos para recipientes menores. Se você sempre usa um óleo essencial em uma quantidade específica, você pode abrir esse 1 litro somente uma vez e colocar em varias garrafinhas da quantidade especifica que você usa em cada lote. Com isso você está evitado o abrir e fechar desse litro de OE várias vezes.

4. Evite o uso de tampas com conta-gotas incluído

Outra prática frequentemente negligenciada é evitar o uso de frascos com tampas de conta gotas em vez de tampas de rosca. Essas tampinhas tem o conta gotas de plástico e pode quebrar devido à exposição contínua ao conteúdo, estragando seus óleos essenciais caros.

Além disso, certifique-se de usar um conta-gotas ou uma pipeta para cada óleo essencial – você não deve usar o mesmo conta-gotas ou pipeta para diferentes óleos essenciais. Você sempre deve usar uma pipeta limpa ou até mesmo descartável para cada óleo essencial.

Como Saber se o Óleo essencial Perdeu a Validade?

Até aqui você viu a importancia de manter seus óleos essenciais frescos e seguros para o uso. Os óleos essenciais vencidos podem servir para limpeza da casa mas não vão servir para ser aplicados na pele.

Um bom indicador de degradação é o aroma do óleo essencial. Óleos essenciais oxidados ou vencidos são menos aromáticos ou podem cheirar diferente do que deveria. No entanto você pode achar difícil saber a diferença a menos que você tenha um óleo essencial novinho para comparar ou é super experiente com óleos essenciais.

Alguns oleos essenciais podem separar e ficar com aspecto nublado a medida que vão se oxidando e vencendo, especialmente óleos essenciais de cítricos. Verifique a cor e a transparência dos seus óleos essenciais.

Proteja seu Óleo Essencial e seu investimento …claro!!

Conforme mencionado, óleos essenciais tem diferentes quantidades de tempo e vida útil que podem ser afetados pelo armazenamento e pelo uso do óleo essencial. Como regra geral, você pode esperar que:

• Óleos essenciais de Frutas cítricas, incenso, capim limão, Neroli, abeto, Tea Tree e pinho podem durar de 1 a 2 anos. (Se você olhar para os componentes de um óleo essencial e detectar quaisquer um que terminem em “ene” – ex: limonene , você pode saber que eles têm uma vida útil curta).
• Os óleos essenciais de sândalo, patchouli e vetiver têm a capacidade de durar de 4 a 8 anos.
• A maioria dos outros óleos essenciais tem vida útil de 2 a 3 anos.

Se você não armazena seus óleos essenciais adequadamente, a vida útil deles irá reduzir drasticamente – às vezes até mesmo pela metade! Com os métodos de armazenamento e manuseio adequados, você pode prolongar a vida útil e preservar os óleos essenciais por muito tempo. Faça destas praticas uma rotina para obter o máximo benefício de seus óleos essenciais!

Conclusão

Se você deseja que seus óleos essenciais durem mais tempo, mantenha-os fechados hermeticamente quando não estiverem em uso, mantenha-os longe da luz e guarde-os em um local fresco e seco. O melhor lugar para óleos essenciais é sem dúvida nenhuma na geladeira.

Escreva um comentário