limones e casca de limão com óleo essencial

Óleos essenciais tóxicos e fotossensíveis

Os óleos das plantas aromáticas tem sido utilizados durante séculos tanto pelo seu cheiro como para usos medicinais e terapêuticos.  Podemos dizer sem medo que os óleos essencial são produtos completamente naturais e simplesmente maravilhosos.

Mas só porque algo é natural não significa que seja bom para você. Às vezes, usando um pouco, na dosagem certa pode ser bom … mas se houver exagero e usar muito pode ser prejudicial.  O sol, a aspirina ou até mesmo as vitaminas, são exemplos de que podem ser prejudiciais quando tomado em excesso.

 

Com os óleos essenciais não é diferentes…

Há uma série de óleos essenciais que possuem componentes químicos que, mesmo sendo completamente naturais, devem ser usado com cautela, precaução e atenção!

A toxicidade em óleos essenciais está dividida em duas formas:

1 – Fotossensível 

Estes óleos essenciais tornam-se tóxicos quando expostos à luz solar direta. Não devem ser usados em qualquer tipo de aplicação onde o óleo essencial permanecerá em sua pele e ser exposto ao sol. A maioria dos  óleos essenciais cítricos tem  essa característica de fotossensível

Usar esses óleos para fazer o sabonete artesanal está bem porque você vai enxaguar o produto da pele mas não é nada aconselhável usar em bálsamos, cremes  ou uma loção porque os óleos essenciais vão permanecer na pele.  A não ser  se  você usar pela noite e lavar a superfície aplicada pela manhã antes de sair de casa e ficar exposto ao sol direto.

Furanocumarina é um componente químico natural encontrado em certos óleos essenciais, mais comumente nos cítricos. Este composto aumenta a sua sensibilidade à luz, funcionando basicamente como o oposto do protetor solar.

 

Quando você usa esses óleos na pele, ele puxa os raios ultravioleta profundamente nas camadas inferiores da sua pele, absorvendo intensamente a luz solar causando ardor, inflamação, vermelhidão grave e, em casos extremos, inchaço, bolhas e pus. Passando rapidamente de uma simples queimadura solar para uma queimadura de segundo grau.

Queimaduras facial com creme contendo óleo de bergamota
Queimaduras facial com creme contendo Óleo Essencial de bergamota –  Foto :  via  

Exemplos de Óleos Essenciais fotossensíveis ( fototóxica)

  • Angélica
  • Bergamota (a menos que seja específico com LFC no rótulo = livre de Furanocumarina )
  • Cássia
  • cominho
  • gengibre
  • Limão (apenas o OE obtido pelo processo Exprimido a frio, o OE obtido por destilação a vapor não tem problema)
  • Levístico
  • Tangerina (possivelmente)
  • laranja (a menos que seja específico com LFC no rótulo = livre de Furanocumarina)
  • pomelo
  • verbena

2 – Toxicidade 

Alguns óleos essenciais possuem componentes que podem ser  perigosos quando aplicadas externamente ou inaladas ou ingeridos em pessoas mais vulneráveis como as mulheres grávidas, crianças, idosos  e as pessoas que possuem peles sensíveis ou atópicas.

Mas também, estes óleos essenciais, podem se tornar extremamente perigosos, para qualquer pessoa,  quando são usados em grande quantidade e por essa razão a proporção recomendada destes  OEs devem ser muito bem respeitadas.

É bom lembrar que uma pequena gota de um óleo essencial representa entre 25 e 35 g da própria planta. Usar na proporção correta é o ponto chave.

A International Fragrance Association (IFRA) abordou  sobre esse problema da toxicidade dos óleos essenciais. Ele emitiu uma lista de óleos cujo uso é restrito nas indústrias que utilizam perfumes em seus produtos, por exemplo cosméticos e produtos domésticos. A IFRA faz um controle rigoroso das proporções usadas destes óleos e dos usado em aromaterapia como:

ALGUNS OLEOS ESSENCIASI QUE PODEM SER TÓXICOS SE NAO USAR COM PRECAUÇAO

Exemplos de Óleos Essenciais que podem ser tóxicos

  • Angélica
  • Bálsamo do Perú
  • Bergamota
  • Canela
  • Cominho
  • Sassafrás ( ou canela-de-sassafrás )
  • verbena.

A IFRA não tem nenhum poder legal internacionalmente, mas a maioria das empresas de fragrâncias em todo o mundo seguem suas diretrizes. Além dos óleos restritos pela IFRA citados acima, considero estes outros que também devem ter uma  atenção especial e usar com cuidado:

  • Anis / Anis estrela
  • Açafrão (curcuma, turmérico)
  • cássia
  • cedro
  • cravo
  • coentro
  • eucalipto
  • erva-doce
  • estragão
  • louro
  • hissopo
  • lavanda
  • manjericão
  • noz-moscada
  • pimenta preta
  • sálvia
  • Salsinha
  • Tomilho

Nota a levar em conta

Só porque eles estão nesta lista não significa que você não pode usar esses óleos na sua fabricação de sabão ou na produção de cosméticos.

Significa que você deve dar uma atenção especial, fazer uma pesquisa antes de usar para saber exatamente as características e precauções que estes óleos tem em particular.  Por exemplo, o óleo essencial de eucalipto é conhecido como não ser tóxico e não ser irritante quando diluído adequadamente, mas pode ser muito tóxico se for usado  internamente.

A canela, o cravo-da-índia, a cássia e muitos óleos essenciais derivados de  “especiarias” podem ser utilizados com segurança na fabricação de sabão ( cuidado: pode acelerar o trace) , mas podem ser irritantes para pessoas com pele sensível se usados em concentrações muito alta.

A maioria dos óleos essenciais, que estão na lista acima ou não, podem ser irritantes se usado em uma concentração muito alta, ou colocado diretamente sobre a pele.

A chave aqui, como com qualquer um dos outros produtos químicos  ou ingredientes  ( natural ou não) potencialmente perigosos que usamos na nossa fabricação de sabonetes e cosmética  é conhecer e entender cada um deles para poder usar com sabedoria nos nossos produtos … e tenha cuidado!

Este dados acima não é abrangente a todos os óleos essenciais que podem causar danos. Minha intenção aqui é apenas de informação e referência.  Não sou especialista em relação ao óleos essenciais mas sempre faço minha pesquisa antes de usar qualquer um para saber meus limites  e usar com prudência. Afinal o produto final envolve outras pessoas e isso é muito sério.

1 comentário em “Óleos essenciais tóxicos e fotossensíveis”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima